Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

sexta-feira, 22 de março de 2013

Ginásio experimental olímpico é inaugurado em área recém pacificada no Cajú


Considerado como um dos "legados das Olimpíadas" de 2016 para a Educação, o programa Ginásio Experimental Olímpico (GEO) chega ao recém-pacificado Complexo do Caju, na Zona Portuária. 

Criado pela Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, o GEO tem como objetivo dar oportunidade para os alunos da rede municipal, com aptidões esportivas, desenvolverem seu potencial sem abrir mão de uma educação de excelência. 

 Esta é a segunda unidade do programa instalada numa região pacificada. A primeira foi o GEO Juan Antonio Samaranch, em Santa Teresa, na região dos complexos de São Carlos e Catumbi, que começou a funcionar no ano passado e já atende 525 alunos. 

O programa foi lançado em junho de 2011 com a presença da comitiva do Comitê Olímpico Internacional. 

Em 2013, além do GEO Felix Mielli Venerando, o GEO Dr. Sócrates, em Pedra de Guaratiba, começou a funcionar com atendimento para 350 alunos. 

Até o fim de 2016, a previsão é que mais duas unidades sejam inauguradas, sendo uma dedicada às modalidades paralímpicas. O GEO do Caju, construído pela RioUrbe, empresa vinculada à Secretaria de Obras, custou R$ 7,5 milhões. 

 Preparado para atender 350 alunos do 6° ao 9° ano, o GEO tem estrutura de três andares, 13 salas de atividades, laboratório de informática, laboratório de ciências, biblioteca, auditório, cozinha e sala da administração. A unidade é toda climatizada, possui amplo estacionamento, além de uma quadra polivalente coberta com vestiários femininos e masculinos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário