Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

terça-feira, 5 de junho de 2012

Estudantes da Faculdade de Educação da UERJ em Caxias entram em greve estudantil.


Os estudantes da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense, da UERJ (FEBF / UERJ ) na Vila São Luis em Duque de Caxias, entraram em greve estudantil.

Os estudantes entendem a greve estudantil como um modo de manifestarem a insatisfação em relação a UERJ como um todo , especialmente a situação em que se encontra o campus da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense , que funciona atualmente no espaço de um CIEP , no bairro Vila São Luis , no primeiro distrito do município de Duque de Caxias.

Já houveram outras polêmicas envolvendo a FEBF , como a suposta transferência da unidade para o espaço do restaurante popular de Duque de Caxias , na entrada da favela do lixão , ou ainda a transferência para o novo campus da UERJ em construção no 4 distrito em Santa Cruz da Serra ( auto intitulada pelo governo municipal como " universidade pública municipal" embora seja estadual ). 

Porém nenhuma das alternativas é dada como certa , além de não haver diálogo entre a secretaria de ciência e tecnologia e a comunidade discente e docente da unidade.

Os estudantes convocam a toda a comunidade discente para estarem presentes na FEBF na manhã desta terça feira (5/06/2012) para a realização de um novo ato ,expondo as principais demandas e revindicações do movimento, além da formação de uma caravana para participar de uma assembleia geral a ser realizada no campus do Maracanã. Entre as principais bandeiras de luta , os destaques são para -  O aumento do valor e da quantidade de bolsas, creche universitária, um restaurante universitário na FEBF, entre outros.

Confira abaixo duas reportagens jã publicadas no Blog do Black sobre a questão da FEBF. Uma, da companheira Lana Gomes, que é professora e estudante da FEBF , falando sobre o "convênio" entre a prefeitura e a reitoria da UERJ para a construção da então " universidade pública municipal" . E outra , do companheiro Alessandro Mendes sobre a "suposta" transferência da FEBF para o espaço do restaurante popular , na entrada da favela do Lixão:



Nenhum comentário:

Postar um comentário