Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Desejo de mudança se confirmou, diz brasileiro eleito deputado na França.



A maioria conquistada pelo partido do socialista François Hollande nas eleições legislativas francesas no domingo teve um significado especial para Eduardo Cypel, gaúcho de Porto Alegre e naturalizado francês que se tornou o primeiro franco-brasileiro a conquistar uma cadeira na Assembleia Nacional do país. 

-“Não tem vitória fácil, é sempre uma conquista, e é fruto de um trabalho intenso feito principalmente em campo. O pessoal que me apoiava, todos os militantes que queriam essa mudança, trabalhou muito, colocou toda a energia e conquistamos”, disse por telefone ao portal "G1" de Paris, nesta segunda-feira (18).

Eleito pela 8ª circunscrição da região de Seine-et-Marne, onde fica o município em que se lançou na política, Torcy, ele conta que uma mudança nas regiões eleitorais francesas desfavorecia o Partido Socialista. -“Houve ma mudança eleitoral há uns dois anos na França para favorecer a direita, mas desmentimos com bastante força esse recorte”, comemora. Além da força da militância, Cypel credita o êxito dos socialistas, após 14 anos fora do poder na França, a uma vontade de mudança. 

-“O que o povo sentiu nesses últimos cinco anos com Sarkozy foi principalmente injustiça. Os esforços não eram justamente partilhados. O desejo de mudança se expressou de forma clara na eleição do presidente Hollande e se confirmou nas eleições legislativas.” 

Sem nenhum ascendente francês, ele conta que a família se mudou para a França em 1986, quando o pai foi cursar pós-doutorado, e acabou ficando. A naturalização francesa veio em 1998 e em 2004 Cypel decidiu se filiar ao Partido Socialista, como militante. 

Formado em Filosofia, o deputado eleito de 36 anos, que diz se inspirar em Hollande e no ex-presidente Lula, foi eleito vereador pela cidade de Torcy em 2008 e em seguida conselheiro regional da Île-de-France, o equivalente a deputado estadual no Brasil. Agora na Assembleia Nacional, o Congresso francês, ele diz querer pôr em prática as promessas que fez durante a campanha, tendo como prioridade a criação de empregos e a educação. 

-“Agora é levantar o país, aplicar o projeto do presidente da República e batalhar para que seja aplicado no meu território, de forma que participe dessa dinâmica nova que a gente quer dar para o país e que tem que replicar para todos os cantos da França”, afirma.


Como representante dos franceses, Eduardo Cypel também que também quer trabalhar para fortalecer a parceria do país com o Brasil. 


- “Sou um grande militante do eixo Brasil-França, acho que é de interesse dos dois países reforçarem as relações econômicas, comerciais, de pesquisa e de visão geopolítica, no G20 e todas as outras instâncias e de forma bilateral também. Se puder ajudar a favorecer esses vínculos, eu farei com grande honra.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário