Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

domingo, 11 de março de 2012

Campus da UFF em Angra dos Reis necessita urgente de reformas.



Com o intuito de reformar o pólo da Universidade Federal Fluminense (UFF), no bairro Jacuecanga, em Angra dos Reis, autoridades municipais e estaduais estão em busca no governo Federal de um recurso de R$ 1 milhão.

- Temos um prédio, que atualmente é da prefeitura, que fica ao lado das nossas instalações e tem a mesma estrutura da nossa unidade. Por isso, estamos a espera de recursos para reformar esse prédio e podermos trazer novos cursos para Angra dos Reis, já que o nosso prédio já não suporta mais nem os cursos existentes - explicou o diretor do Instituto de Educação de Angra, Domingos Barros.

Atualmente, o prédio onde funciona o pólo da universidade tem sessão de uso com vigência de 30 anos. A unidade tem aproximadamente 1,2 mil metros quadrados, com biblioteca, laboratório de informática, auditório com capacidade para 100 pessoas, além de salas de aula, de coordenação e de professores. O objetivo é fazer a outra unidade no mesmo modelo da atual.

Na manhã de anteontem, a deputada Estadual Inês Pandeló (PT) esteve visitando as instalações da unidade para colaborar na elaboração da emenda institucional solicitando a reforma e a adaptação do prédio.

- O espaço é muito bom, basta saber aproveitar. Atualmente não há espaços físicos para trazer novos cursos para a cidade, por isso é essencial a reforma desse prédio. Então, vou ajudar na articulação dessa emenda, já que sabemos que a formação educacional é necessária. Hoje em dia vemos muitos empregos que faltam mão-de-obra qualificada. E em Angra, por muitas vezes as pessoas tiveram que sair da cidade em busca de cursos. Precisamos mudar cada vez mais isso, os moradores precisam ter aprendizado de qualidade em suas cidades - ressaltou a deputada.

Em Angra dos Reis, são oferecidos atualmente pela UFF os cursos de Pedagogia; Geografia e Políticas Públicas. E com a reforma do prédio, a intenção é instalar novas graduações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário