Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Em sabatina para jornal "Folha de S.Paulo", ex presidente FHC elogia Dilma e diz ter relação histórica com Lula.



O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso se definiu como "careta" ao comentar temas como a maconha e evitou criticar seus sucessores nesta sexta-feira (9) durante sabatina realizada pelo jornal "Folha de São Paulo" e pelo portal eletrônico "UOL".

Ao se referir ao petista Luiz Inácio Lula da Silva, o tucano afirmou que a relação entre os dois é "muito antiga", e por conta disso, histórica.

"Depois da redemocratização fomos os presidentes que mais ficamos no poder", disse FHC. Contou ainda que fala constantemente com Lula, dialogam, divergem e que é normal que assim seja.

"Às vezes ele me dá uma alfinetada, eu dou outra nele", disse, de forma bem-humorada.

Sobre Dilma Rousseff, disse que a presidente foi "muito generosa" com ele em carta enviada em seus 80 anos, em que reconhece seu legado, mas disse que ela "não é ingênua" de confundir que a boa relação que estabeleceram vá impedir que ele critique os erros de seu governo.

O tom ameno com que tratou os sucessores, no entanto, não evitou criticas ao PT, partido que fez oposição nos seus oito anos de governo.

FHC afirmou ainda que é "injusto" dizer que o PSDB não tem "projeto para o país". Citou o fato de o projeto levado a cabo pelo PT ser o mesmo dos tucanos na economia, e fez críticas ao partido de Dilma. - "A diferença é que o PT, quando ocupa o governo, deturpa as instituições, ocupa tudo", afirmou o ex - presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário