Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

UFJF acaba com vestibular e só selecionará pelo ENEM e PISM a partir de 2013



A partir de 2013, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) só vai usar o Enem como forma de seleção. A instituição destinará 70% das vagas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) está mantido para receber 30% das vagas ofertadas pela instituição.

Para o pró-reitor de graduação, Eduardo Magrone, a decisão foi embasada emr um longo debate durante o ano com o objetivo de estabilizar as formas de ingresso na universidade.

Para o atual vestibular, o de 2012, nada muda. O processo está mantido, assim como as provas da segunda fase, que serão realizadas nos dias 19 e 20 de dezembro. Estão inscritos 17.019 candidatos.

O Pism terá as provas dos módulos I e II aplicadas nos dias 11, 12 e 13 de dezembro, e as do módulo III nos dias 18, 19 e 20 de dezembro. A partir do dia 5 de dezembro, todos os candidatos precisam acessar o site do concurso para imprimir o comprovante definitivo de inscrição onde constará o local das provas.

Ministro Mercadante anuncia que numero de vagas do ITA ira dobrar - O número de vagas do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) será duplicado, anunciou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante. A iniciativa já foi aprovada pela presidente Dilma Rousseff, disse o ministro, que participou de seminário na Ebape-FGV nesta sexta-feira.

O projeto é do diretor-geral da empresa espacial binacional Alcântara Cyclone Space (ACS), brigadeiro Reginaldo Santos, ex-aluno e até mês passado reitor do ITA. Ele inclui a expansão do campus em São José dos Campos (SP) e a contratação de novos professores.

De acordo com Mercadante, o projeto será posto em prática já em 2012, mas ele não soube dizer quando as novas vagas serão disponibilizadas. No último vestibular, o ITA abriu 130 vagas. O ministro disse que a expansão do instituto - o principal centro de engenharia do país - é fundamental para reduzir o déficit de mão de obra qualificada do Brasil.

- Enquanto a China forma um engenheiro a cada quatro graduados, nós formamos um a cada 50. O ministro também anunciou avanços no programa de intercâmbio de pesquisa científica Ciência sem Fronteiras, que pretende atender mais 40 mil alunos até 2014.

Mercadante disse que alguns prêmios Nobel já confirmaram que virão lecionar e pesquisar no Brasil por um período de tempo. Entre eles está o suíço Kurt Wüthrich, laureado com o Nobel de química em 2002, que virá em breve para UFRJ.

Outro nome de peso que, segundo o chefe da pasta, está prestes a anunciar a vinda para o Brasil é o de Rosaly Lopes, brasileira que trabalha há anos na Nasa, agência espacial americana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário