Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

FUP denuncia a terceirização de riscos na Petrobrás em audiência no TST.



A FUP participou nos dias 04 e 05 da audiência pública realizada pelo Tribunal Superior do Trabalho para debater a terceirização.Foi a primeira vez que o TST realizou uma audiência sobre o tema, com participação da CUT, confederações e federações de trabalhadores, FIESP e outras entidades patronais, auditores fiscais e procuradores do Trabalho, especialistas e acadêmicos.

Além dos petroleiros, trabalhadores de telecomunicações, eletricitários, bancários, químicos, entre outras categorias, revelaram as mazelas e horrores da terceirização. Também participaram da audiência os deputados federais Vicentinho (PT/SP) e Sandro Mabel (PR/GO), autores de projetos de lei para regulamentar a terceirização.

O alto índice de terceirização na Petrobrás, que precariza as condições de trabalho e mata centenas de trabalhadores, foi destaque em diversas intervenções, como a da cientista social Maria da Graça Druck de Faria, pesquisadora da Universidade Federal da Bahia (CRH/UFBA) e do CNPq. Ela classificou a terceirização como “uma epidemia sem controle e sem limites, um grande problema de caráter social”, referindo-se aos mais de 300 mil trabalhadores terceirizados da Petrobrás, um contingente quatro vezes superior ao dos trabalhadores próprios da empresa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário