Início Fotos Orkut TV Blog Fale Conosco Cadastre-se

domingo, 11 de setembro de 2011

Léo Jaime participa de debate sobre relacionamentos com mulheres no último dia da bienal do livro.



Leo Jaime foi um dos nomes mais populares da música brasileira nos anos 1980. Após vinte e poucos anos ausente da grande mídia, ele está de volta acumulando outra função. Além de músico, agora Jaime é consultor para assuntos femininos no programa da TV Globo "Amor e sexo". O desempenho foi tal, que recebeu o convite para mediar a mesa "Sexo, traição, crise de identidade - A prosa feminina em um consultório sentimental", com Martha Mendonça e Regina Navarro, neste domingo.

- Homens fogem do debate sobre assuntos femininos, eu não. Acho que na escola deveriam existir as matérias Amor 1, Amor 2, Sexo 1, Sexo 2. Meu maior conselho é: acreditem nos homens com os quais vocês se relacionam como acreditam nos cabeleireiros de vocês. Vocês pagam fortunas e confiam neles. Por que não confiar em nós gratuitamente? - disse .

Regina Navarro está em fase de finalização de seu próximo livro, batizado de "Amor", e talvez por isso fale com propriedade do assunto. Para ela, o amor romântico está com os dias contados para chegar ao fim e a fidelidade não deve ser levada tão a sério.

- Eu critico o amor idealizado. O amor romântico está saindo de cena. Fidelidade é a nova virgindade no conceito da moral. A maior paranoia é sobre fidelidade. Se vocês se sentem amadas e desejadas, precisam deixar de lado o que o parceiro está fazendo quando está longe - decretou a autora.

Já Martha Mendonça, criadora do livro "Canalha", faz uma observação um pouco menos radical do assunto, apesar de acreditar que as mulheres podem ser más com os homens.

- Acho que a mídia, as novelas, os livros e os filmes são exemplos que comprovam que as pessoas ainda buscam o amor romântico. Elas ainda querem viver relacionamentos de conto de fadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário